Cristo Redentor

Entendendo

O Cristo Redentor, famoso cartão postal da cidade, fica no alto do Morro do Corcovado. Apesar de ao oeste do centro da cidade, pode ser visto de longas distâncias. O famoso monumento inspirou canções e fez aparições em diversos filmes. É um dos símbolos do Brasil no exterior.

Foi projetado pelo engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa e construído entre 1922 e 1931.  Em sete de julho de 2007, a estátua foi eleita uma das Novas Setes Maravilhas do Mundo. Apesar de não ter tido caráter oficial, a votação foi patrocinada pela ONU.

O Morro do Corcovado é uma estrutura rochosa de gnaisses, assim como a Pedra da Gávea e o Pão de Açúcar. Ele tem 710 metros de altura e é um dos principais pontos do Parque Nacional da Tijuca.

cristo redentor

 

Entenda a alta e baixa temporada

Alta temporada: De 15 de dezembro a 15 de fevereiro. De 1º de julho a 21 de agosto. E, também, todos os sábados, domingos e feriados (incluindo os prolongados) ao longo do ano.

Baixa temporada: De segunda à sexta (exceto feriados), a partir de 16 de fevereiro até 30 de junho, e de 22 de agosto até 30 de novembro.

 

Como chegar

Você pode subir até o Cristo de van ou de trenzinho. Para sua segurança só utilize o serviço das vans autorizadas, qualquer outro veículo não tem autorização para fazer a subida. Os ingressos podem ser adquiridos no local do embarque. As vans autorizadas saem de três pontos diferentes na cidade:

Largo do Machado (Flamengo) – Baixa temporada R$52,00. Alta temporada R$64,00. Maiores de 60 anos e crianças de 06 a 11 anos R$27,00. Diariamente, das 8h às 17h.

Praça do Lido (Copacabana) – Baixa temporada R$52,00. Alta temporada R$64,00. Maiores de 60 anos e crianças de 06 a 11 anos R$27,00. Diariamente, das 8h às 16h.

Hotel Paineiras (Parque Nacional da Tijuca) – Baixa temporada R$25,00. Alta temporada R$37,00. Maiores de 60 anos e crianças de até 11 anos não pagam. Diariamente, das 8h às 18h.

O Trenzinho do Corcovado funciona todos os dias das 9h às 19h e tem saídas a cada meia hora. Baixa temporada R$56,00. Alta Temporada R$68,00. Maiores de 60 anos R$22,00 e crianças de 06 a 11 anos R$44,00. A estação fica na Rua Cosme Velho, nº 523. Bilheteria no local.

 

Uma opção para aventuras na cidade

Se você gosta de esportes radicais, o Morro do Corcovado é uma boa escolha. São mais 54 vias de escalada em rocha. A mais procurada é a Via k2, indicada por quem já domina as técnicas e tem experiência com os equipamentos. As Vias do Contra-Forte são boas pra quem buscar se aperfeiçoar no esporte. Ou seja, não tem nenhuma via indicada para iniciantes.

 

De braças abertos sobre a Guanabara

O topo do morro permite uma vista panorâmica do centro da cidade, do Aterro do Flamengo, da enseada de Botafogo, do Pão de Açúcar, da cidade de Niterói, das praias de Copacabana, Ipanema e Leblon, da Lagoa Rodrigo de Freitas, do Maracanã, além de vários bairros e favelas das zonas sul, norte e central da cidade.

Casimiro de Abreu

Sobre a cidade

Casimiro de Abreu fica a 135 km da capital do estado, na Região dos Lagos. É conhecida por promover o ecoturismo. Tem serra e tem mar. Com certeza você vai achar lá algo que vai adorar. Rios, cachoeira e praias são as principais atrações aqui.

A relativa proximidade com a cidade do Rio de Janeiro torna Casimiro de Abreu um ótimo destino para o fim de semana e feriados prolongados. Fuga da correria da cidade grande o do stress da rotina e aproveite a natureza.

O nome da cidade é uma homenagem ao grande poeta Casimiro José Marques de Abreu (1839- 1860) da segunda geração do romantismo que nasceu lá. Sua cidade natal serviu de inspiração para vários de seus poemas, como “Canção do Exílio”.casimiro de abreu rj

Casimiro de Abreu fica bem próximo de Rio das Ostras. É bem fácil chegar lá. É só pegar a Niterói- Manilha na saída da Ponte Rio- Niterói e seguir pela BR-101. A viagem dura aproximadamente 2h, sem trânsito.

A cidade possui uma reserva biológica de mais de 5 mil hectares. É a casa da maior população de mico-leão-dourado do Brasil. A Reserva Biológica Poço das Antas funciona somente para pesquisa e não abre para turismo, pois há espécies ameaçadas.

 

O que fazer por lá – Ecoturismo

  • Poço do Pai João – Há duas principais quedas, uma com 3 metros e outra com 5 metros. Suas águas são frias, límpidas e transparentes e formam várias piscinas naturais. Por lá você também pode fazer diversas trilhas ecológicas, passando por cachoeiras pouco exploradas.
  • Rio Macaé– Pra quem procura aventura, esse lugar é perfeito. Fica apenas a 4 km de Casimiro de Abreu. Possui águas claras com temperatura amena e grande número de quedas d’água e corredeiras. Perfeito para a prática de rafting.
  • Trilha no Morro São João – O ponto mais alto da Região dos Lagos tem mais de 780 metros de altura. São 9 km de caminhada meio à natureza onde você pode observar a mata atlântica e os diversos animais que se abrigam ali.
  • Cachoeira Santa Helena – São 19 km de distância de Casimiro de Abreu. Tem aproximadamente 25 metros de altura e apenas um grande salto. As águas límpidas, transparentes e com temperatura amena são propícias aos banhos. A cachoeira está entre uma densa vegetação de alto porte.
  • Cachoeira da Fumaça – A 17 km do Centro de Casimiro de Abreu, a Cachoeira da Fumaça é inesquecível espetáculo da natureza. É um local perfeito para entrar em harmonia com a natureza ainda selvagem. Tem apenas um grande salto de aproximadamente 15 metros de altura. É a queda d’água mais bela da região.

 

Como chegar

 

Barra de São João

Barra de São João é um distrito de Casimiro de Abreu e é banhado pelo mar em toda a sua extensão. Se você não se cansar de toda a experiência da serra e quiser mais aventura, pode correr até o litoral e aproveitar o mar.

 

Carnaval de Marchinha

Desde 2001 este antigo hábito retornou com toda sua glória em Casimiro de Abreu. As bandas são formadas por músicos locais que rodam por toda cidade tocando em praças e bares as antigas músicas que embalaram o carnaval no passado.

Búzios

Sobre a cidade

Búzios é a cidade da Região dos Lagos com maior fama internacional. Não é a toa que ela é conhecida como Saint-Tropez brasileira. Pra quem gosta de badalação, vida noturna e praias belíssimas, Búzios é o destino ideal. É apenas 179 km de distância da capital, uma viagem curta para aproveitar o feriadão com muito sol e agitação.

 

Fama Internacional

Tudo começou quando a atriz francesa Brigitte Bardot visitou a cidade no verão de 1964. Búzios foi “descoberta” e tornou-se um dos pontos mais sofisticados e procurados do verão por brasileiros e estrangeiros de todas as partes do mundo. A Orla Bardot foi criada na Praia da Armação em sua homenagem com uma estátua em tamanho natural da atriz. Não deixe de visitar!

 

As Praias de Búzios

Búzios fica em uma pequena península que adentra 20 km no oceano. A parte sul recebe as correntes marítimas vindas das Malvinas, ótima quembúzios gosta da água gelada refrescando o calor do sol. A parte norte da cidade tem água mornas, pois recebe as correntes do Equador. Búzios tem todo o dia de praia para você escolher. A maior parte do ano as águas se mantém cristalinas com um ar de Caribe. As praias mais famosas são:

Parte Sul: Ferradurinha, Geribá, Ferradura, Forno, Olho de Boi e Brava.

Parte Norte: Tartaruga, Praia da Armação, João Fernandes.

Se você gosta de naturismo, Búzios é o destino ideal. A Praia Olho de Boi é uma das poucas no estado separadas para a prática. Pequena e afastada, é preciso caminhar por uma trilha de 600 metros para chegar lá.

 

Diversidade cultural e gastronômica

Na década de 70, Búzios foi “invadida” por uma onde de argentinos que buscavam investir no turismo para fugir da crise econômica no país natal. Eles acrescentaram à cultura local suas artes, artesanato e culinária. São mais de 150 estabelecimentos gastronômicos de cozinha local, com destaque para os frutos do mar, e cozinha internacional, com restaurantes franceses, italianos e orientais.

Se você procura um destino para as férias de julho, será recibo por lá com o Festival Gastronômico de Búzios, quando vários restaurantes criam pratos especiais para o evento. Os preços mais em conta e as porções menores, permitem que você experimente várias opções locais.

 

Mapa e como chegar

 

Vida Noturna

À noite, Búzios não para e o ritmo é sempre agitado. O balneário oferece programas para todos os diferentes estilos até o sol raiar, principalmente no verão e nos feriados. O epicentro da badalação é a Rua das Pedras e a Orla Bardot.

Bares descolados com shows ao vivo te convidam a apreciar o movimento das pessoas na rua, enquanto as boates agitam as pistas até o amanhecer. E ainda tem as galerias de arte e as lojas que despertam os mais inusitados desejos de consumo.

Búzios não seria a mesma sem a Rua das Pedras, que fica bem no centro da cidade. Por lá a diversão acontece 24h por dia.  São 600 metros de bares, boates e festas com música eletrônica ou ao vivo. Para dançar a noite toda você pode ir a Privilège. Mas se você prefere ao mais tranquilo o Anexo Bar tem um clima loungue com vista pro mar. Este é o local certo pra você que está em busca de diversão.

Outros: Silk Beach Club, bares famosos, praia brava e festas particulares

Bondinho

Pouco da História

O Bondinho do Pão de Açúcar é um dos pontos turísticos mais procurados no Rio de Janeiro. Foi inaugurado em 27 de outubro de 1912. Fica no bairro da Urca, zona sul da cidade. O teleférico funciona em dois trechos que ligam a Praia Vermelha ao Morro da Urca e depois ao Morro do Pão de Açúcar.

 

Como Chegar

Saindo do centro da cidade: 107 – Urca x Central. Essa linha passa na Praia do Flamengo e na Praia de Botafogo.

Metrô: Vá até a estação de Botafogo. Atravesse a Rua Voluntários da Pátria e pegue a linha 513 – metro Botafogo x Urca

Saindo da Zona Sul (Jardim Botânico): 511 – Urca x Leblon via Jóqueibondinho pão de aç~ucar

Saindo da Zona Sul (Arpoador): 512 – Urca x Leblon via Copacabana.

Também é possível ir andando do Shopping Rio Sul até lá.

 

Preços e Horários de Funcionamento (2015/2016)

A bilheteria funciona de 8h da manhã às 19h50min da noite e vende ingressos apenas para o dia da compra. Os bilhetes de acesso ao Bondinho só estão disponíveis na Bilheteria da Praia Vermelha e no site oficial.

A inteira custa R$71,00. Idosos a partir de 60 anos, portadores de necessidades especiais, jovens de até 21 anos e estudantes das redes públicas e privadas dos níveis fundamental, médio e superior tem direito a meia- entrada, R$35,00. Crianças até seis anos não pagam.

A primeira subida Praia Vermelha – Morro da Urca acontece as 08h10min e Morro da Urca- Pão de Açúcar acontece as 08h20min. A ultima subida Praia Vermelha – Morro da Urca acontece às 20h e Morro da Urca – Pão de Açúcar acontece às 20h20min.

Muitas pessoas gostam de subir pela Trilha do Morro da Urca e descer pelo Bondinho.

A ultima viagem Pão de Açúcar – Morro da Urca acontece às 20h40min e Morro da Urca – Praia Vermelha acontece às 21h.

Cada trecho tem duração de 3min.
site: http://www.bondinho.com.br/

 

Mapa e rotas online

 

Restaurantes, lojas e entretenimento.

Tanto no Morro da Urca quando no Morro do Pão de Açúcar tem bares e restaurantes variados, além de lojas onde você pode comprar lembrancinhas e imprimir fotos em alta qualidade, saiba que não é permitido usar equipamento profissional lá sem autorização prévia. Também é possível reservar voos panorâmicos de helicóptero (saindo do Morro da Urca).

  • Espaço Baía de Guanabara – É aí que você encontrará restaurantes, bares e quiosques que aliam gastronomia de qualidade com um visual incrível do Rio de Janeiro. O espaço reproduz o calçadão de Copacabana e tem capacidade para 360 pessoas.
  • Praça dos Bondes – Fica no Morro da Urca. Lá você conhecerá os modelos de bondinhos usadas no passado. Há também duas esculturas de bronze em tamanho real dos responsáveis pela criação deles.
  • Anfiteatro – Inaugurado em 1976 é o responsável pela expressão “quem sabe, sobe”. Foi o palco de grandes momentos do cenário musical carioca. Atualmente recebe diferentes eventos privativos.
  • Cota 200 Restaurante – Um ambiente especial com uma vista incrível. Aqui a gastronomia brasileira é levada a um patamar diferente. O restaurante se transforma durante o dia criando os ambientes perfeitos para almoço, happy hour e jantar.

Barra de São João

A cidade

Barra de São João é um distrito de Casimiro de Abreu na Região dos Lagos, estado do Rio de Janeiro. Fica próximo de Rio das Ostras (8 km) e Cabo Frio (38 km). O distrito é banhado pelo mar em toda a sua extensão.

Lugar bem pacato é um dos destinos menos concorridos da região, ótimo destino pra quem gosta de aproveitar os feriados para relaxar longe da correria e da agitação. Nisso, Barra de São João é bem parecida com Jaconé e Iguaba Grande.

A 170 km da capital do estado pela Via Lagos (RJ-124), é um ótimo refúgio para descansar o corpo e a mente. A atmosfera rústica e bucólica trazbarra de são joão o encanto para Barra de São João.

 

Hospedagem

Há diversos hotéis e pousadas no distrito com diárias a partir de R$100 e você também pode alugar casas por temporada. Junte os amigos e vá curtir.

 

Festa de São João

No mês de junho a cidade recebe muitos turistas devido à notoriedade que a festa ganhou ao longo dos anos. A Praça das Primaveras se transforma no palco de diversos shows, cercada de diversas barraquinhas de comidas típicas. A festa dura vários dias e conta com uma procissão fluvial pelo Rio São João. É diversão garantida!

 

Inspiração para poetas

O famoso poeta Casimiro de Abreu (1839- 1860) é natural de Barra de São de João. Seu poema mais conhecido é “Canção do Exílio”. O poema exalta a beleza de sua terra natal que provocava saudades durante o tempo que morou em Portugal. “Eu quero ouvir na laranjeira, à tarde, cantar o sabiá”, este trecho traduz bem a tranquilidade que ainda pode ser encontrada por lá.

 

Mapa e como chegar

 

Não deixe de ver/ fazer

  • Por do sol na Capela de São João – a pequena igreja jesuíta do século XVII fica no alto de uma pedra que divide o rio São João e o mar.
  • Museu de Casimiro de Abreu – a casa onde o poeta nasceu e morreu hoje está aberta a visitação com seus livros e objetos de uso pessoal. No quintal da casa, às margens do rio São João, há duas estátuas de tamanho natural do poeta.
  • Trilha no Morro São João – O ponto mais alto da Região dos Lagos tem mais de 780 metros de altura. São 9 km de caminhada meio à natureza onde você pode observar a mata atlântica e os diversos animais que se abrigam ali.
  • Prainha – é um lugar agradável onde à mata toca o mar e bem frequentado por famílias nos finais de semana. Lá é possível mergulhar no mar e no rio.
  • Praia Grande – também chamada de “Praião” é a principal praia de Barra de São João tem vários quiosques e bares na sua orla.
  • Rio São João – não deixe de agendar um passeio pelo rio. Os barcos partem da margem coberta de figueiras centenárias. O rio pode ser navegado por mais de 30 km.
  • Praça das Primaveras – as ruas ali são recheadas de simpáticos restaurantes de comida caseira típica. As edificações são do século XVIII e estão em excelente estado de conservação.

Arraial do Cabo

Conheça um pouco

Arraial do Cabo é um dos destinos preferidos pra quem gosta de dar uma fugidinha da rotina e se cercar de belas praias e muita história. É apenas 170 km de distância da cidade do Rio de Janeiro, o que torna uma ótima escolha para o fim de semana.

Localizada na Região dos Lagos, Arraial do Cabo é uma pequena península que fica entre Araruama e Cabo Frio. A cidade é considera por alguns como o “caribe fluminense”.

 

Desde 1500… muita história!

Arraial do Cabo foi fundada pelo grande navegador Américo Vespúcio em 1503 quando ele veio à costa brasileira pela segunda vez. Vespúcio construiu um forte no local. Você pode visitar as ruínas entre a Praia do Forno e Prainha por uma trilha. É provável que a região tenha abrigado o primeiro povoamento em território brasileiro. Há muitos locais históricos para você conhecer por lá.

arraial do cabo

  • Obelisco Américo Vespúcio – fica na Praia dos Anjos e marca o local onde o navegador aportou pela primeira vez.
  • Ruínas do Telégrafo – excelente mirante natural construído em 1814, fica em um dos pontos mais alto do Pontal do Atalaia.
  • Igreja de Nossa Senhora dos Remédios – erguida em 1503, está entre as primeiras edificações do país. Bem singela, constrói a paisagem da Praia dos Anjos.
  • Casa de Piedra – Foi construída pelos portugueses em 1506, hoje é uma propriedade particular.
  • Casarios – Descendo pela rua D. Pedro II próximo ao Largo Histórico você encontrará construções de final do século XIX que foram tombadas pelo patrimônio histórico do país.
  • Centro Cultural Manoel Camargo – para conhecer melhor a interessante história da cidade com eventos artísticos e cultura popular.
  • Farol Velho – as ruínas desta construção de 1833 são encontradas no topo da Ilha do Farol, mas para este passeio é necessário autorização da Marinha.

 

Como chegar e mapa

 

 

Muita praia, sol e mar.

A bela paisagem que encantou os portugueses há de mais 500 anos, continua encantando muita gente. Arraial do Cabo tem belas praias e muita coisa divertida pra fazer. Não importa se você prefere as aventuras ou os passeios tranquilos, sempre tem opção.

 

  • Mergulho – as águas cristalinas e a diversificada vida marinha tornam a cidade um dos melhores destinos para a atividade. Você pode escolher a Ilha do Farol, Gruta Azul, Praia do Forno, Ponta d’Água e muito mais.
  • Passeio de barco – Partindo da Praia dos Anjos, os passeios têm 4 horas de duração e levam você pelas mais belas paisagens de Arraial do Cabo. Você conhecerá a famosa Gruta Azul.
  • Pontal do Atalaia – Nada melhor do que ver o sol se pondo no mar e este é um dos poucos lugares no Brasil onde você consegue fazer isso. Uma vista imperdível e programa preferido dos casais.
  • Curtir as Praias – A Praia do Forno tem águas “caribenhas” e você pode chegar de trilha. A Praia do Pontal é paradisíaca, perfeita pra quem gosta de sossego. Prainha é uma das mais movimentadas. São 11 praias pra todo tipo de gosto.

 

Com uma pequena viagem de 2 dias você pode fazer bastante coisa em Arraial do Cabo. Não deixe de experimentar os pescados, estrelas da cozinha local. Escolha qual programa mais combina com você e desfrute de tudo o que Arraial do Cabo tem para oferecer.

Arcos da Lapa

Conhecendo

O Aqueduto da Carioca é popularmente conhecido com Arcos da Lapa. Ele fica no centro da cidade do Rio de Janeiro, na região da Lapa. Um dos cartões postais mais conhecidos da cidade. Foi parte do cenário para o longa de animação “Rio”.

Bem próximo dele você encontra o a Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro, o Teatro Municipal, a Escadaria Selarón e o Largo da Carioca.

A Lapa é o reduto da boêmia carioca e sua vida noturna é agitada, principalmente nos finais de semana. A Fundição Progresso, casa de show mais famosa por ali, é palco de importantes eventos musicais e tem seu lugar no mapa cultural da cidade.

arcos da lapa rj

 

Como chegar

Há várias linhas de ônibus que passam bem de deixo dos arcos. Se a linha for “via Lapa”, pergunte ao motorista se passa da Av. Mem de Sá ou na Rua Riachuelo.

Você pode chegar de metro. É só seguir até a estação da Carioca (as duas linhas passam por ela) e de lá caminhar até a Lapa pela Av. República do Paraguai. São apenas 10 minutos e você passa pela Catedral.

Se o seu ônibus passa na Av. Rio Branco, desça na altura da Praça da Cinelândia e siga pela Rua Evaristo da Veiga (é a rua do Teatro Municipal).

Se o ônibus é “via Passeio” fica fácil. É só pedir para o motorista te deixar lá mesmo. Do Passeio já da pra ver os Arcos da Lapa.

 

História viva

Os Arcos da Lapa foram construídos no período do Brasil colonial, final do século XVIII, como parte do sistema de abastecimento de água da cidade. Com o desenvolvimento de novas alternativas, ele abandonou a função original. Desde 1896 e até hoje ele serve como via de ligação até o bairro de Santa Tereza. O bondinho que faz este trajeto é o ultimo exemplar deste tipo de transporte a funcionar na cidade.

Não é só a aqueduto que venceu o teste do tempo. O bairro da Lapa tem vários casarões antigos que hoje abrigam lojas e bares. A arquitetura antiga agrega um valor ao lugar e ajuda a criar o clima boêmio.

 

Passeando pelos Arcos da Lapa

Por cima ou por baixo, você escolhe. Dá para andar pela praça onde fica os Arcos da Lapa e com certeza você vai conseguir fazer várias fotos muito legais. Ou você pode pegar o bondinho e subir até Santa Tereza, passando por cima do aqueduto. A estação dos bondes fica na Rua Lélio Gama, próximo ao Largo da Carioca. Aproveite o passeio, é uma gostosa viagem no tempo.

 

Quando ir até os Arcos da Lapa

No final de semana, o melhor horário é no final de tarde. Você pode aproveitar e se jogar na boemia da noite na Lapa. Há uma grande variedade de bares e restaurantes de todos os gostos e tipos por lá. Com certeza você vai encontrar a vibe que te agrada.

Nos primeiros sábados do mês a Feira do Lavradio acontece por lá. Acorde cedo, e vá conhecer a feira mais eclética da cidade. Lá você pode comprar de tudo: móveis antigos, peças artesanais, souvenires turísticas, discos e muito mais.